Carregando...

AMBBotão Menu

“Eu tenho gratidão por ser mãe de um filho com deficiência”, disse Elaine Bianchi, desembargadora do TJRR

| Ascom AMB

Conheça o 2º episódio da série em comemoração a semana da mulher “O nosso caminho é feito de força”

Era ano 2000, o curso da vida de Elaine Bianchi (54) mudou-se completamente do que ela havia planejado. A gestação conturbada a colocou numa rota de grandes desafios para conciliar os imprevistos da maternidade especial com a carreira jurídica. A rotina era bastante cansativa para atender as demandas de casa e do trabalho.

O que ligava Elaine a esses dois eixos extremos era a força de ser mãe do Bruno, que nasceu com paralisia cerebral, e arrojada magistrada que não abandonou o ofício apesar das circunstâncias.

“Várias vezes, meu filho tinha convulsões, eu cuidava dele e ainda tinha que ir para o meu trabalho”, lembra. A determinação da desembargadora a fez chegar ao posto mais alto do Poder Judiciário do Estado de Roraima. Apesar das grandes dificuldades, ela não suprimiu a família em prol dos objetivos profissionais. A sabedoria para administrar a vida secular e pessoal ajudou o filho passar no vestibular na universidade pública de Roraima.

Conheça o segundo episódio da série “O nosso caminho é feito de força”, com a desembargadora Elaine Bianchi do Tribunal de Justiça de Roraima.


Jonathas Nacaratte

Assessoria de Comunicação da AMB

AÇÕES PARA O ASSOCIADO