A AMB acaba de cumprir mais uma etapa no sentido de melhorar seu controle patrimonial: contratou uma empresa que fez todo o levantamento de seu ativo mobiliário e imobiliário. Com isso, será possível ter o controle efetivo do patrimônio, segundo explica o diretor-tesoureiro da entidade, Ronaldo Barão. “Teremos uma radiografia exata de todo o patrimônio, desde mesas e cadeiras até bens imóveis”, conta.
   A iniciativa faz parte do esforço para profissionalizar a administração da AMB. A empresa contratada, Mercur Avaliações Patrimoniais, pretende concluir o trabalho até o final de outubro.  Já foi feita toda a identificação dos bens móveis. Os imóveis estão sofrendo avaliação de mercado. “O levantamento permitirá que os balanços espelhem com mais precisão os investimentos feitos pela entidade”, conta o responsável pela empresa, Saulo Armos.
   Os bens móveis estão identificados com etiquetas metálicas com código de barras, o que permite o controle informatizado do patrimônio. “O sistema de computador separa os bens por contas e tem todas as informações analíticas sobre cada um, como data de aquisição, valor, depreciação e o reflexo disso na contabilidade. Além disso, fornece relações para seguros”, disse o empresário.

Gostou? Então compartilhe!