ACESSO RESTRITO

Fortaleza sediará VIII Jogos Nacionais da Magistratura em outubro

|
Marca_VIII_JogosDaMagistratura_PARA_SITE-01_edit

A oitava edição dos Jogos Nacionais da Magistratura já tem data e local definidos: de 25 a 29 de outubro, em Fortaleza, no Ceará.

Sobre a escolha do local, o secretário de Esportes da AMB, Marcus Quintas, afirma que a cidade tem um grande potencial turístico e será um belo cenário para os jogos. “Fortaleza é uma cidade acolhedora, de um potencial turístico fantástico, e eu tenho certeza de que nós teremos um número expressivo de colegas participando do evento”, destacou.

Os jogos acontecerão no Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO), inaugurado no ano passado e que acabou tornando-se símbolo do legado das Olimpíadas Rio 2016 para o Ceará. “Nosso equipamento é único, de primeira linha”, disse o presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM), Ricardo Alexandre Costa. Atualmente, o complexo é considerado o maior e mais moderno da América do Sul.

Segundo o presidente da ACM, é uma grande satisfação para os magistrados cearenses sediar em seu estado um dos maiores eventos da AMB. “É uma alegria imensa receber um evento da magnitude dos Jogos Nacionais. É uma oportunidade de reencontrar os colegas, seus familiares e estreitar laços com os amigos de outros estados”, afirmou.

Expectativas

O evento receberá juízes de todo o Brasil para celebrar o espírito de confraternização que une a categoria. Além de incentivar a prática do esporte, a intenção é aproximar os associados e promover o encontro entre seus familiares, pois filhos e cônjuges também participam dos jogos.

Marcus Quintas acredita que esta edição dos jogos irá superar as anteriores e afirma que o trabalho será feito com muita dedicação por todos os envolvidos. “Vamos nos empenhar para realizar a melhor edição dos Jogos Nacionais da Magistratura. Queremos acrescentar novas modalidades e abranger ainda mais os magistrados e seus familiares. Faremos um grande evento”, ressaltou.

Tatiana Castro*

Estagiária supervisionada pela Coordenadoria de Comunicação

É permitida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo publicado no Portal da AMB desde que citada a fonte.