Carregando...

AMBBotão Menu

Saiu na Mídia: Veja e Correio Braziliense repercutem luta da AMB no combate à violência contra a mulher

ASCOM / AMB

As reportagens registraram o aniversário de um ano da Sinal Vermelho e alertaram sobre aumento de casos de feminicídio no Brasil

A intensa luta da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) no combate à violência contra às mulheres foi registrada, nesta semana, pela revista Veja e pelo portal Correio Braziliense. Ambos os veículos têm peso nacional e ressaltaram a participação da presidente da AMB, Renata Gil, nas causas favoráveis às mulheres.

A reportagem da revista Veja, publicada em 8 de junho, falou do aniversário de um ano da campanha Sinal Vermelho e considerou a iniciativa um saldo positivo para as mulheres brasileiras. O texto relembra ainda a aprovação unânime do Pacote Basta!, na última quarta-feira (2), pela Câmara dos Deputados. O Projeto de Lei prevê penalizações mais rígidas aos agressores em casos de violência doméstica e institucionaliza a Sinal Vermelho em todo território nacional. A matéria segue para votação no Senado Federal.

Já a reportagem do Correio Braziliense, fala sobre um caso de feminicídio que ocorreu em Planaltina (GO) no domingo (6). O agressor, que era namorado da vítima, foi acusado de esfaqueá-la até a morte, mas teve a prisão em flagrante convertida em preventiva.

A matéria cita o posicionamento da presidente da AMB, Renata Gil, que classifica o machismo como um problema endêmico, sendo uma questão de “educação” os homens acharem que são proprietários das mulheres. A magistrada registrou ainda sua indignação com o alto número de feminicídios no País e alertou sobre a importância das denúncias.

AÇÕES PARA OS ASSOCIADOS