Carregando...

AMBBotão Menu

Saiu na mídia: Em entrevista ao jornal O Dia, Renata Gil fala sobre medidas de combate a violência doméstica contra mulher

Renata Gil

Magistrada comentou a aprovação do Pacote Basta no Congresso e a parceria com o Banco do Brasil

A presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, concedeu uma entrevista à coluna de Isabele Benito, do jornal O Dia, para esclarecer questões sobre a aprovação do Pacote Basta no Congresso Nacional, a parceria entre a Campanha Sinal Vermelho e o Banco do Brasil e a luta da AMB para combater a violência doméstica contra mulheres.

Além das mais de 10 mil farmácias que já aderiram a Sinal Vermelho, a matéria destaca a parceria com o BB, que disponibilizou 5.400 agências para que mulheres consigam pedir socorro de maneira silenciosa apenas desenhando um “X” na mão. Para Renata Gil, essas parcerias são de grande importância para o enfrentamento à violência contra o gênero feminino.

A presidente da AMB falou também sobre a aprovação do projeto de lei 741/2021, em tempo recorde. “A campanha Sinal Vermelho surgiu em junho de 2020. Em março deste ano, apresentamos o projeto à Câmara dos Deputados e conseguimos a aprovação em menos de três meses – graças ao engajamento da sociedade civil e de parlamentares de todos os partidos”, disse Renata Gil.

A juíza ressaltou que a AMB aguarda o presidente Jair Bolsonaro sancionar a lei aprovada pelo Legislativo para intensificar as campanhas educativas para difundir a campanha e, assim, cumprir a deliberação em todo o território nacional.

Para a magistrada, a sanção desta nova lei será motivo de encorajamento feminino, pois as vítimas não terão mais a sensação de que os agressores ficaram impunes. “Afinal, muitas mulheres vítimas de violência não denunciam porque sabem que, ao final de um processo extremamente doloroso, os agressores ficarão impunes. E, mesmo aqueles que são condenados, muitas vezes acabam livres para reincidir nos crimes. Agora, mais mulheres se encorajarão a denunciar porque terão a certeza de que serão ouvidas, e que os responsáveis pelas infrações terminarão atrás das grades”, conclui.

Leia a íntegra.

Denúncia é feita através de Sinal Vermelho

Uma mulher denunciou agressões do companheiro em uma farmácia de Rio dos Cedros, em Santa Catarina, na sexta-feira (2). Ela desenhou um “X” na mão e, após exibi-lo, o atendente acionou a Polícia Militar. De acordo com a afiliada da Globo NSC, a vítima afirmou que o companheiro a agrediu e ameaçou matar toda a sua família.

O suspeito conseguiu fugir após ver a movimentação dentro da farmácia enquanto aguardava no carro pela companheira e pela filha de 10 anos. Os relatos de agressões eram recorrentes e a polícia apreendeu uma espingarda e munições na casa do homem. Ele ainda não foi localizado.

Confira a matéria completa.

AÇÕES PARA O ASSOCIADO