A presidente da AMB foi a vencedora na categoria Mundo e participou da cerimônia no Rio de Janeiro

A presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, esteve no Rio de Janeiro na noite desta quarta-feira (22) para receber o prêmio Faz Diferença, promovido pelo jornal O Globo. A magistrada foi a vencedora na categoria Mundo, após votação popular, pelo resgate das juízas afegãs após a tomada do poder no país pelo grupo Talibã - fundamentalistas com histórico de violência contra mulheres.

Como as magistradas afegãs foram responsáveis pela condenação de vários integrantes do grupo, Renata Gil agiu rapidamente para trazê-las ao Brasil, já que seriam as primeiras atingidas pelos extremistas e estavam ameaçadas.

Em seu discurso, bastante emocionada, Renata Gil agradeceu o trabalho de todos os colegas magistrados e do Ministério das Relações Exteriores que confiaram na sua iniciativa. “O Brasil foi o único país que realizou esse trabalho porque o Ministério das Relações Exteriores confiou na minha palavra. Hoje, são sete juízas afegãs e seus familiares no Brasil, que chegaram aqui apenas com a mochila nas costas. Após esse grande plano estratégico, todas vivem em Brasília, seus filhos estão estudando em escolas bilíngues”, afirmou.

A presidente da AMB recebeu o prêmio das mãos dos editores de Opinião do jornal O Globo, Helio Gurovitz e o editor do site do jornal, Tiago Dantas. O prêmio Faz Diferença é uma iniciativa do jornal em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Além da presidente da AMB, receberam o prêmio Faz Diferença o Tribunal Superior Eleitoral, representado pelos ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Benedito Gonçalves, como Personalidade do Ano. A empresária Luiza Helena Trajano foi a escolhida da categoria Ela, por liderar o movimento Unidos pela Vacina. Também foram premiados Maurício de Sousa (categoria audiovisual), Rebeca Andrade (categoria esportes), o cantor Roberto Carlos (categoria música), entre outros.


Laura Beal Bordin (Ascom AMB)

Foto: Alexandre Cassiano/ Agência O Globo

Gostou? Então compartilhe!