Mais de 1500 pessoas acompanharam o bate-papo no instagram da Campanha Sinal Vermelho

Em comemoração aos dois anos da Campanha Sinal Vermelho de combate à violência doméstica, a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, e o psiquiatra, pesquisador e escritor Augusto Cury, participaram de uma live no instagram para falar de um assunto muito importante: o papel do homem no combate à violência contra a mulher. Mais de 1500 pessoas acompanharam o bate-papo.

No início da live, Augusto Cury elogiou a campanha Sinal Vermelho e o trabalho que a presidente da AMB faz em prol das mulheres. “Renata Gil é uma juíza do mais alto quilate, uma mulher apaixonada pela sociedade brasileira e tem esse desejo de ajudar as mulheres”, disse.

Renata Gil falou sobre a importância dessa nova fase da campanha de conscientização dos homens em participar do combate à violência contra a mulher. “Muitos homens não percebem os indícios de que uma relação não é sadia. Eles precisam ter a percepção de que algumas brincadeiras não podem acontecer, que isso não é normal. Isso é papel do homem sim, o homem precisa denunciar”, afirmou.

Durante a conversa, Renata Gil e Augusto Cury trataram dos diferentes tipos de violência sofridas pelas mulheres, desde a violência psicológica, social, até a violência física e o feminicídio. Cury destacou que a campanha é uma forma de todos - mulheres e homens - não se calarem diante de casos de violência. “Toda violência contra a mulher, mesmo a mais sutil, é cruel. As estatísticas demonstram isso. Se isso não é denunciado, se perpetua e asfixia a nossa capacidade de existir como seres humanos”, concluiu.

A live completa está disponível no instagram da campanha. Siga o @campanhasinalvermelho e acompanhe todo o conteúdo e novidades.


Laura Beal Bordin (Ascom AMB)

Gostou? Então compartilhe!