Carregando...

AMBBotão Menu

“O X Vermelho na palma da mão é um sinal de basta, um grito de liberdade”, diz ministro Barroso

Ministro Roberto Barroso | Nelson Jr./ Ascom STF

Justiça Eleitoral apoia campanha que está mobilizando o Brasil em defesa da mulher

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, fez um pronunciamento exclusivo à AMB em apoio à campanha Sinal Vermelho que já é lei em quatro estados e no DF. No vídeo, Barroso chama de covarde os agressores de mulheres.

“Homem que pratica violência contra mulher não é macho. É covarde! A Justiça Eleitoral apoia a campanha Sinal Vermelho contra violência doméstica”, declarou.

Em depoimento gravado, o ministro incentiva a vítima denunciar os maus-tratos.

“Você mulher que está sofrendo algum tipo de violência ou agressão mostre este sinal. Você não está sozinha. Sinal Vermelho contra violência doméstica”, orientou.

A campanha idealizada pela presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil e pela diretora da AMB Mulheres, Domitilla Manssur, com o apoio da conselheira do CNJ, Maria Cristina Ziouva Mulheres foi lançada em junho do ano passado. O presidente do TSE considera a iniciativa um grito de liberdade.

“O X vermelho na mão é um sinal de basta. Um pedido de socorro, um grito de liberdade. Mulheres estão morrendo por todo mundo em não conseguirem ajuda”.

Confira o vídeo na íntegra:

A presidente Renata Gil tem reforçado o compromisso em salvar vidas das mulheres.

“Elaboramos uma campanha humanitária, de responsabilidade social, para atender as necessidades das vítimas. É uma grande satisfação ver que o projeto tem atendido tão bem ao seu propósito que deputados e chefes dos executivos estaduais avaliam que ele deve ser perene”, disse.


Jonathas Nacaratte

Assessoria de Comunicação da AMB

AÇÕES PARA OS ASSOCIADOS