Carregando...

AMBBotão Menu

Nota pública: AMB e Amazon acompanham com preocupação crise do oxigênio no Amazonas

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e a Associação dos Magistrados do Amazonas (Amazon) acompanham com atenção e preocupação a crise provocada pela falta de oxigênio nos hospitais do Amazonas. A magistratura amazonense está atenta a essa questão e todas as ações relativas a esse tema terão prioridade.

Desde o início da pandemia, juízas e juízes de todo o país passaram a tratar com prioridade os casos relativos à covid-19. Nesse período, foram dezenas de milhares de decisões proferidas em ações direta e indiretamente relacionadas ao novo coronavírus. Devemos lembrar que, durante a quarentena, aumentou a incidência de problemas como violência doméstica e contra a mulher, rompimentos contratuais e falências, cabendo à Justiça lidar com essas e muitas outras situações. Por isso, o Judiciário não parou nem pode parar.

Renata Gil, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros
Luís Márcio Nascimento Albuquerque, Associação dos Magistrados do Amazonas

AÇÕES PARA OS ASSOCIADOS