Carregando...

AMBBotão Menu

“Nenhum Tribunal estará sozinho e juntos venceremos as dificuldades”, diz Fux em encontro com a AMB

Renata Gil em reunião com o Supremo Tribunal Federal | Ascom AMB

Ministro defendeu a Justiça digital

A presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, se reuniu na tarde desta terça-feira (29) com o ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); o presidente do Colégio de Presidentes e Corregedores de TRTs (Coleprecor), desembargador Paulo Pimenta; presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil, e desembargadores. As autoridades conversaram sobre a tecnologia no sistema de Justiça, a integração das Cortes brasileiras, a reforma administrativa e a defesa das garantias dos servidores do Estado.

“Precisamos trocar nossas experiências e juntos venceremos as dificuldades. Nenhum tribunal estará sozinho. Quero dizer a todos os colegas que estou aberto sempre ao diálogo. Nem durante a pandemia paramos nosso trabalho. Todos os processos relativos à Covid-19, ao estabelecimento de posturas sanitárias e a competência administrativa, foram levados com seriedade pelas cortes com uma demonstração inequívoca que o Judiciário continua atuante em todos os setores”, disse Fux na reunião.

A presidente Renata lembrou que a AMB representa a magistratura estadual, federal, trabalhista e militar em âmbito nacional e que a entidade também está à disposição dos magistrados. “O diálogo franco entre os entes da Justiça é essencial ao fortalecimento do Poder Judiciário. A AMB também está à disposição dos juízes e desembargadores para a interação entre as cortes”, afirmou.

Fux defendeu a Justiça digital: “Nós pretendemos integrar todos os Tribunais do país tendo o Processo Judicial eletrônico (PJe) como a principal ferramenta para tramitação processual na Justiça brasileira”. Na reunião, Fux falou sobre estabelecer uma parceria com os tribunais que ainda não adotam o PJe. “Nós estamos no limiar de uma nova revolução digital do Judiciário e esse tema é importantíssimo”, disse.

A gestão de Fux se dedica a criação de uma Plataforma Digital do Poder Judiciário Brasileiro (PDPJ-Br), sistema que pretende unificar o trâmite processual no país.

Esta foi a primeira reunião de Fux com presidentes de tribunais depois de assumir a Presidência da Suprema Corte em 10 de setembro. “Sempre que houver a necessidade eu gostaria de dialogar com os colegas. A melhor maneira de conversar com a Justiça é ouvir o que os presidentes dos Tribunais têm a dizer”, afirmou Fux.

Por fim, Fux avaliou o encontro como positivo. “É muito bom conversar com os magistrados para entender onde estamos e colocarmos o Judiciário onde ele merece estar”, concluiu.

Também estavam presentes no evento os presidentes do Tribunal Regional Federal da 1° Região, Ítalo Foravanti; do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil (Codepre), Carlos Alberto Alves; do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), Jatahy Júnior; do Colégio de Presidentes e Corregedores de TRTs (Coleprecor), Paulo Sérgio Pimenta; e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho, Noemia Porto.

Campanhas e Eventos