Carregando...

AMBBotão Menu

Museu do Supremo: AMB terá fotos e documentos inéditos em exposição

Magistrados visitaram as instalações nesta semana

A primeira fase de catalogação do acervo da AMB foi apresentada pela historiadora Cristina Britto aos magistrados que participam do grupo de trabalho da entidade responsável por acompanhar o projeto do Museu do Supremo Tribunal Federal. A reunião ocorreu nessa quarta-feira (23), na sede da AMB, em Brasília, e também por videoconferência.

Na ocasião, foram analisados os documentos e as fotos que serão expostos sobre a história da Associação em quatro painéis. A primeira etapa do museu está prevista para ser inaugurada virtualmente em agosto deste ano.

Visita in loco

Pela manhã, os magistrados visitaram as dependências do museu e conheceram a maquete do local. A comitiva foi acompanhada pelo secretário de Altos Estudos Pesquisas e Gestão da Informação, Alexandre Freire, e pela coordenadora de Gestão da Informação, Memória Institucional e Museu, Ana Paula Alencar.

Em seguida, o grupo assistiu o tour virtual do museu do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJAL), coordenado pelo juiz Claudemiro Avelino, e a uma visita guiada ao Museu do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), conduzida pela desembargadora Luciana Almeida Prado Bresciani, coordenadora do Museu.

Participaram da reunião os vice-presidentes da AMB Elayne Cantuária (Assuntos Legislativos) e Thiago Brandão (Cultura e Tecnologia); o secretário cultural, Kéops de Vasconcelos; a secretária-geral, Julianne Marques; o diretor-presidente da Escola Nacional da Magistratura (ENM), Caetano Levi Lopes; a conselheira fiscal Maria Isabel da Silva; e os juízes Claudemiro Avelino de Souza e Carlos Alexandre Böttcher, integrantes do grupo de trabalho do Museu.

 


Renata Brandão

AÇÕES PARA O ASSOCIADO