Carregando...

AMBBotão Menu

Covid-19 demanda acesso facilitado à Justiça, afirma Renata Gil

webinar protagonismo

A presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, afirmou nesta 4ª feira (1º/4) que pessoas em situação de vulnerabilidade precisam ter acesso facilitado à Justiça, principalmente os moradores das comunidades mais pobres de todo o país. Ela deu a declaração em debate virtual promovido pelo portal Migalhas.

“Esse é o grande desafio do Judiciário brasileiro neste momento de pandemia. Estamos trabalhando para desenvolver uma plataforma para prover e amparar essa parcela da população”, disse a presidente.

Segundo Renata Gil, a Justiça exerce papel fundamental ao cumprir determinações e atender às crescentes demandas da população em meio à crise provocada pelo novo coronavírus. Ela destacou ainda a importância do trabalho remoto e das videoconferências. “Mesmo que a Justiça estadual ainda tenha plantões ordinários e extraordinários físicos, o uso da tecnologia dá celeridade aos processos neste momento de protagonismo do Judiciário”, disse.

A presidente da AMB defendeu a manutenção de salários e do trabalho do serviço público como um todo em benefício de toda a população. Ela apresentou números do bom desempenho de tribunais em todo o país e esclareceu que a entidade participa dos debates de todas as resoluções do Conselho Nacional de Justiça e segue as determinações de autoridades sanitárias, como a Organização Mundial de Saúde, inclusive dentro da associação.

O debate contou com a participação do presidente da Ajufe, Fernando Mendes, da presidente da Anamatra, Noemia Porto, do presidente da AjufeSP, Otávio Henrique Martins da presidente da Apamagis, Vanessa Ribeiro Mateus, e teve transmissão simultânea pela plataforma Zoom e pelo Youtube.

Clique aqui para assistir.

Campanhas e Eventos