Carregando...

AMBBotão Menu

Integrante da AMB Mulheres é a mais nova desembargadora do TRT da 4ª Região

Luciane Cardoso Barzotto tomou posse nesta quinta-feira (22); Presidente Renata Gil participou da solenidade

 

Esta foi uma quinta-feira marcante para a AMB Mulheres, visto que uma das integrantes da diretoria, a magistrada Luciane Cardoso Barzotto, foi empossada desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho da 4° Região (Rio Grande do Sul). A presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, participou da cerimônia virtual.

“Muito nos orgulha ver nossa colega nesta nova fase profissional. Certamente, ela, que com tanta competência até agora julgou monocraticamente, contribuirá e muito num colegiado. Cabe ressaltar também o excelente trabalho que desempenha na AMB Mulheres numa luta necessária, que é a igualdade de gênero”, elogiou Renata Gil.

Juíza há quase três décadas, a nova desembargadora falou sobre família, colegas de trabalho, amor, amizade cívica e Justiça.

“O juiz não está autorizado pela cidadania a fazer Justiça segundo suas preferências políticas, ideológicas ou religiosas. A Justiça que ele representa não é a sua Justiça, mas aquilo que a comunidade política democraticamente estabeleceu como sendo justo. Ou seja, o juiz faz a Justiça estabelecida numa determinada comunidade política. E é com essa concepção de política modernamente conhecida como Estado de Direito que eu me comprometi quando fiz o juramento na posse como magistrada há 27 anos atrás”, discursou.

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, desembargadora Carmen Izabel Centena Gonzalez, destacou o papel do julgador num órgão colegiado.

“Julgar em colegiado importa buscar consensos, é respeitar e honrar a jurisprudência do tribunal. O juiz de primeiro grau goza de uma liberdade muito maior que um desembargador. Isso é inafastado. Nem sempre nosso posicionamento isolado é acolhido. Por outro lado, terás a oportunidade ímpar de conviver, aprender e ensinar. O julgamento colegiado nos permite uma interação muito maior com os nossos pares e também, por que não dizer, com os jurisdicionados”, ressaltou.

A magistrada Luciane Cardoso Barzotto atuou na 29ª Vara do Trabalho de Porto Alegre e foi promovida pelo critério de merecimento para ocupar a vaga da desembargadora Ana Rosa Pereira Zago Sagrilo, que se aposentou.


Daiane Garcez (Ascom)

AÇÕES PARA O ASSOCIADO