Carregando...

AMBBotão Menu

Desembargador Wagner Cinelli, do TJ-RJ, recebe prêmio internacional por animação sobre violência contra a mulher

“Sobre Ela” ganhou o troféu da modalidade “Empoderamento Feminino”, no New Wave Short Film Festival, na Alemanha

Durante os anos em que atuou como juiz criminal, na década de 1990, o desembargador Wagner Cinelli se surpreendeu com a quantidade processos de agressões dos maridos para com as esposas e de como os casamentos continuavam apesar da violência. Engajado na causa, o magistrado decidiu trabalhar em frentes de conscientização sobre a violência de gênero.

O filme “Sobre Ela” é um dos frutos deste trabalho. O magistrado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) assina a direção, o roteiro e a música do filme. “Receber um prêmio num festival representa o reconhecimento de um trabalho, que a escolha daquele objeto é importante, que tem relevância e consagra o que nós fazemos nesta estrada”, ressaltou Wagner Cinelli, em entrevista à AMB.

Cinelli optou pelo filme mudo, forma de simbolizar o silêncio que assola as mulheres vítimas de violência, que muitas vezes não podem ou não conseguem pedir socorro. Além, a escolha estética também demonstrar o tabu que a sociedade enfrenta para falar abertamente sobre o mal endêmico da violência de gênero.

Na história, a casa se torna um espaço tomado pelo medo. Com cenas que variam entre passado (colorido) e presente (preto e branco), a história reúne conhecimentos da Antropologia, da Sociologia, do Direito, da História e das Ciências Criminais para fornecer uma visão global sobre o tema.

O curta-metragem tem duração de 5 minutos e tem sido apresentado em festivais de cinema. Como o ineditismo é um dos requisitos para inscrição em muitos desses concursos, a obra ainda não foi liberada para exibição. “Poder produzir algo é uma grande realização, mas dividir com as pessoas é melhor ainda”, revela.

O filme começou a ser desenvolvido em julho de 2019 e ficou pronto em fevereiro do ano seguinte. A produção é da Com Domínio Filmes. A animação originou o livro “Sobre ela: Uma história de violência”, publicado em dezembro pela editora Gryphus nas versões impressa e digital.

Biografia

Wagner Cinelli de Paula Freitas se formou em Direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em Ciências Sociais na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com ênfase em Sociologia e Antropologia. Foi advogado por seis anos e se tornou juiz em 1992. O desembargador estudou desigualdade de gênero durante o mestrado na London School of Economics (LSE), no Reino Unido.

Violência contra a mulher

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostra que houve diminuição nos registros de violência de gênero no Brasil durante a pandemia da covid-19, em que as mulheres têm mais dificuldades de denunciar a violência. Os casos de lesão corporal e de ameaça caíram 10,9% e 16,8% no país. Em relação à violência sexual, as estatísticas apontam queda ainda maior: estupros de mulheres reduziram 23,7% e de vulneráveis, 22,7%).

As notificações de homicídios dolosos contra mulheres e de feminicídios, contudo, subiram 0,8% e 1,2%. Também houve 3,9% a mais de ligações para o 190 sobre violência doméstica. Esses dados — relativos ao primeiro semestre de 2020, ante o mesmo período do ano anterior — contribuem para dimensionar a questão da violência doméstica e familiar no país.


Melissa Duarte

Assessoria de Comunicação da AMB

Campanhas e Eventos