Carregando...

AMBBotão Menu

Campanha Sinal Vermelho chega ao estado de Goiás

Em evento virtual realizado na tarde desta sexta-feira (24), a campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica foi lançada em Goiás. A ação chega ao estado em boa hora. Durante a pandemia da Covid-19, de acordo com dados oficiais, houve redução dos registros de ameaças e lesões corporais. De janeiro a maio deste ano, o número de feminicídios cresceu 27% na comparação com 2019.

A iniciativa da AMB e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) busca incentivar denúncias por meio de um símbolo: ao desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao farmacêutico ou ao atendente da farmácia, a vítima poderá receber auxílio e acionar as autoridades.

Organizadora da cerimônia, a deputada federal Flávia Morais (PDT-GO) pediu o empenho e a adesão de mais farmácias goianas. “Precisamos aumentar a rede de estabelecimentos participantes”. Ela destacou que as deputadas da bancada feminina na Câmara dos Deputados estão fazendo um trabalho de articulação nos estados, tentando “pulverizar” a campanha.

A presidente da AMB, Renata Gil, recordou que o Governo de Goiás lançou, em 2019, um pacto pelo fim da violência contra a mulher, criando diversas ações governamentais para combater o crime. A sociedade civil, organizações religiosas e entidades privadas também participam. “Só por meio de uma ação articulada, assim como fizemos com a campanha Sinal Vermelho, vamos conseguir tirar a poeira debaixo do tapete”, disse.

A coordenadora do Movimento Permanente de Combate à Violência Doméstica do CNJ, conselheira Maria Cristiana Ziouva, explicou que a mulher em situação de cárcere privado poderá mandar outra pessoa à farmácia para fazer a denúncia. “Nosso propósito é salvar vidas”.

O evento contou com a participação de integrantes do Judiciário goiano, parlamentares, membros do Executivo local, representantes da polícia e da rede farmacêutica.

Leia as matérias relacionadas:
Prefeitura de Niterói é a primeira a aderir à campanha Sinal Vermelho. “Me senti na obrigação em começar pelo meu município”, afirma Renata Gil
Piauí é o primeiro estado do Nordeste a lançar a campanha Sinal Vermelho

Campanhas e Eventos