Carregando...

AMBBotão Menu

Campanha pauta reunião com órgãos de políticas públicas para as mulheres

A AMB e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizaram uma reunião nesta quarta-feira (8) com juízas e gestoras de organismos governamentais de políticas para mulheres. A campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica pautou o encontro virtual. As participantes trocaram experiências de enfrentamento ao crime e tiraram dúvidas sobre a iniciativa.

Questionada sobre a possibilidade de ampliação da ação para recebimento de outros tipos de denúncias, a presidente da AMB, Renata Gil, explicou que os protocolos da campanha são “amarrados e fechados”, o que impede a ampliação do seu escopo. “O momento é de concentração de todos os esforços para que as denúncias nas farmácias tenham efetividade, e as mulheres sejam atendidas com prioridade”, afirmou.

A coordenadora do Movimento Permanente de Combate à Violência Doméstica do CNJ, conselheira Maria Cristiana Ziouva, disse que o órgão ainda está reunindo os dados das denúncias feitas até agora para decidir quais serão os próximos passos. “Precisamos ir com calma para não colocar a vida da mulher vítima de violência em risco, mas a ideia é ampliar o número de parceiros e contar com a ajuda de outros tipos de estabelecimentos”.

A reunião contou com a participação da secretária-geral da entidade, Julianne Marques, e da diretora da comissão AMB Mulheres, Maria Domitila Mansur.

Campanhas e Eventos