Carregando...

AMBBotão Menu

Asmac arrecada doações para população afetada pelas enchentes no Acre

Estado corre risco de colapsar com a crise de saúde pública da covid-19, o surto de dengue e as enchentes

A Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) organizou uma ação social para amenizar o prejuízo causado pelas enchentes dos rios do estado que transbordaram em Rio Branco, Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Feijó, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Rodrigues Alves. Mais de 100 famílias ficaram desabrigadas.

A Asmac fará uma arrecadação com magistrados para atender a população. As doações podem ser enviadas para a entidade. Os dados bancários para contribuir são: banco 756, agência 3278, conta corrente 6709-1, CNPJ 01.709.293/0001-43. A associação conglobará as arrecadações para concretizar a melhor ajuda possível aos acreanos. Os valores arrecadados são enviados aos abrigos.

Para a presidente da Asmac, Maria Rosinete dos Reis Silva, a solidariedade é fundamento civilizatório. “É o reconhecimento no outro da mesma dignidade que há em si mesmo, é a ética em sua essência, é um dos preceitos que orientam a utilidade pública da nossa associação de magistrados”, afirmou.

O estado do Acre corre risco de colapso por causa das cheias, da pandemia da covid-19 e do surto de dengue. Para a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, o princípio solidário é uma forma concretizar os direitos sociais dos acreanos, que enfrentam uma das piores crises de sua história. “Nossa Carta Magna tem, entre seus objetivos fundamentais, a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. Nós, magistrados brasileiros, temos o dever para com os princípios constitucionais e devemos ajudar, prontamente, aqueles que estão sendo afetados”, pontou.

EVENTOS