Carregando...

AMBBotão Menu

AMB e Amaerj debatem desenvolvimento de tecnologia no TJ-RJ

| Ascom AMB

Entidades são incentivadoras da Justiça digital

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e a Associação dos Magistrados do Rio de Janeiro (Amaerj) fizeram uma visita institucional ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), onde conversaram com o desembargador Henrique Figueira, na tarde desta segunda-feira (12). As autoridades debateram temas relevantes para o Judiciário como a conversão da Justiça física para a digital, o regime de teletrabalho e pautas que tramitam no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A presidente da AMB, Renata Gil, defende a Justiça digital. “Conversamos sobre as demandas da magistratura, principalmente a de primeiro grau, que está sendo muito impactada com a pandemia da covid-19 uma vez que a judicialização aumentou”, disse. “A digitalização dos processos ajuda na celeridade da prestação jurisdicional. Nós trabalharemos para sanar estas demandas da melhor maneira possível e oferecer para a sociedade o melhor serviço”, concluiu.

A AMB é grande incentivadora do desenvolvimento de tecnologia no sistema de Justiça. Em 2020, inaugurou o Laboratório de Tecnologia da instituição (AMB Lab) que visa desenvolver programas inovadores no sistema de Justiça. No primeiro semestre de atuação, o AMB Lab já promoveu uma competição de tecnologia que incentivou a melhoria do acolhimento à mulher vítima de violência no Judiciário, o Ideathon. Saiba mais sobre os projetos desenvolvidos para o Ideathon aqui.

Felipe Gonçalves, presidente da Amaerj, avaliou que a visita foi profícua. “Conversamos sobre o aprimoramento da prestação jurisdicional que ficará como legado para o pós-pandemia. Temas como teletrabalho e a digitalização de processos foram debatidos. Conversas como estas são engrandecedoras à magistratura”, afirmou.

Também participaram da visita a desembargadora Tereza de Andrade, 1ª vice-presidente da Amaerj; o juiz Richard Fairclough, secretário-geral da Amaerj; a desembargadora Katya Monnerat, presidente do Conselho Deliberativo e Fiscal; a juíza Eunice Haddad, integrante do Conselho Deliberativo e Fiscal e a juíza auxiliar da Presidência, Daniela Bandeira, responsável pelo serviço de tecnologia do TJ-RJ.

| Ascom AMB

| Ascom AMB


Mahila Lara

Assessoria de Comunicação da AMB

AÇÕES PARA OS ASSOCIADOS