Carregando...

AMBBotão Menu

AMB adota procedimento de atendimento online para conter propagação do novo coronavírus

Imagem: Pixabay

Atividades da AMB serão desempenhadas integralmente no regime de teletrabalho

Com o aumento do número de casos de contaminação de covid-19 no Distrito Federal (DF) e a crescente ocupação de leitos, com comprometimento de 98% da capacidade para internação, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) adotará, a partir de segunda-feira (1º), o regime de teletrabalho.

A decisão da presidente da entidade, Renata Gil, visa minimizar a possibilidade de transmissão do vírus no ambiente de trabalho. “A rápida disseminação da covid-19 impõe desafios constantes e todos nós temos o dever de nos adequar às recomendações das autoridades sanitárias”, afirmou.

A medida objetiva mitigar a propagação do vírus sem prejudicar a continuidade da prestação do serviço prestado pela AMB aos associados. Os Decretos nºs 41.482, 41.841 e 41.849, de 26 e 27 de fevereiro, do Governo do Distrito Federal, suspenderam todas atividades e abertura estabelecimentos comerciais, com exceção de serviços essenciais, até 15 de março. “O nosso trabalho continua: a Justiça não parou e a AMB também não”, disse a magistrada.

O atendimento presencial ao público externo ficará temporariamente suspenso e será prestado por telefone (61) 2103-9000 e e-mail atendimento@amb.com.br, além dos e-mails dos setores. Também ficam suspensos todos os eventos, cursos e reuniões presenciais marcadas a partir de 1º de março, com exceção daqueles que podem ser realizados de forma remota e sem exigir a presença de colaboradores na AMB.

Situação do DF
A capital registrou um aumento de 60,7% dos casos de covid-19 na última quinta-feira (25). Dos 167 leitos destinados para internação em decorrência de complicações do coronavírus, apenas um está disponível na rede pública. Na rede particular, dos 216 leitos, 183 estão ocupados. O governador Ibaneis Rocha (MDB) publicou três decretos para contar a disseminação do vírus. Com a decisão, ficam suspensas atividades e serviços comerciais não essenciais em todo o DF.

AÇÕES PARA OS ASSOCIADOS