Associação dos Magistrados Brasileiros
AMBBotão Menu

AMB acompanha presidente do STF em visitas aos tribunais do Mato Grosso

O presidente da AMB, Jayme de Oliveira, e a vice-presidente Institucional, Renata Gil, integram a comitiva do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, em visitas a tribunais do Mato Grosso, na capital Cuiabá, nesta quinta (18) e sexta-feira (19). O objetivo da agenda institucional é promover o diálogo com magistrados e ampliar a integração do Poder Judiciário.

“Desde que o ministro assumiu o STF e o CNJ, adotou como política de gestão visitar todos os Estados da Federação e, nesta visita, ele vai a todo o Poder Judiciário: trabalhista, federal, estadual e militar. Isso é muito importante porque permite conhecer a realidade dos tribunais, além de ouvir os juízes e servidores. A AMB tem sido convidada para acompanhar o presidente nas visitas, o que é uma oportunidade para a Associação ficar mais perto de seus associados e das realidades locais”, explicou o presidente Jayme de Oliveira.

Nos encontros com os magistrados mato-grossenses, o ministro Toffoli ressaltou a transparência, a eficiência e a responsabilidade como os três fundamentos da gestão do Poder Judiciário, além de destacar o papel pacificador do sistema de Justiça. “Nessa sociedade do mundo digital da velocidade da comunicação, que gera múltiplos conflitos, é necessário que o Judiciário brasileiro esteja atento a esses novos tempos e atuando de maneira a pacificar a sociedade”, disse.

O primeiro órgão visitado pelo presidente do STF e comitiva foi o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 23ª Região. A última visita de um ministro a esse tribunal aconteceu em 2008. “Nosso País tem extensões geográficas muito grandes e cada região possui suas peculiaridades. É  muito importante que o presidente do Poder Judiciário brasileiro conheça essas realidades. Estamos honrados depois de dez anos receber um ministro do Supremo”, disse a presidente do TRT 23, desembargadora Eliney Bezerra Veloso.

O empenho em ampliar a mediação e a conciliação no estado e a busca pela modernização do acesso à Justiça foram alguns dos elogios feitos ao Judiciário mato-grossense pelo ministro Dias Toffoli na visita ao Tribunal de Justiça. Em uma sessão solene, Toffoli foi condecorado com a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador José de Mesquita entregue pelo presidente da Corte,  Carlos Alberto Alves da Rocha, pela dedicação à Justiça brasileira.

Harmonia entre os Poderes

À tarde, o ministro se reuniu com o chefe do executivo estadual, governador Mauro Mendes, onde recebeu a Comenda da Ordem do Mérito de Mato Grosso. Segundo Toffoli, o gesto representou a harmonia necessária entre os Poderes. “Neste momento em que estamos passando no País, pela necessidade da retomada do desenvolvimento econômico e da esperança do povo nas instituições do Estado, é muito importante essa harmonia entre os poderes”, destacou.

No Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da 23ª Região, conversou sobre a Justiça Eleitoral com o presidente da Corte,  Gilberto Goraldelli, e demais membros, onde também foi homenageado com uma placa de agradecimento pela visita.

A agenda encerrou na Justiça Federal de Mato Grosso, ocasião em que se reuniu com os juízes da seção. Ao lado do presidente da AMB, respondeu questionamentos dos magistrados e pediu união no Judiciário. “Há algumas diferenças entre as Justiças, contudo, precisamos mostrar uma Magistratura unificada, unida. Isso é o mais importante”, ressaltou. Após reunião interna, visitaram a usina fotovoltaica da unidade.

Além da diretoria da AMB, integraram a comitiva do ministro a secretária-geral da Presidência do STF, Daiane Nogueira; o juiz auxiliar da Presidência do STF, Márcio Boscaro, e os juízes auxiliares da Presidência do CNJ, Carl Smith e Camila Plentz Konrath. Nesta sexta-feira (19), o presidente do STF coordena reunião com os presidentes de Tribunais de Justiça dos Estados, na sede do TJMT.

 

Taluama Cabral

Campanhas e Eventos