Associação dos Magistrados Brasileiros
AMBBotão Menu

Reeleito à presidência do IBA, Rafael de Menezes faz balanço de sua última gestão

Divulgação

Eleito, no último mês, de forma unânime pela União Internacional de Magistrados (UIM) para mais um biênio à frente do grupo Ibero-Americano (IBA) e a vice-presidência da UIM (cargo em que ocupa em nome da AMB), o juiz brasileiro Rafael de Menezes conclui sua última gestão com um balanço das atividades realizadas.

“Tem sido uma experiência de muita responsabilidade e aprendizado este trabalho no comitê da presidência da UIM. Muito obrigado”, disse o magistrado no início do Boletim. Ele aproveitou para saudar o novo presidente da UIM, Tony Pagone (Austrália); e o 1º vice-presidente, José Igreja Matos (Portugal), além de parabenizar o francês Christophe Regnard, que deixa a presidência da União.

Ao abordar o trabalho realizado pelo grupo em relação aos diversos países com quem mantém parceria, Rafael de Menezes citou a atuação em Marrocos, Bolívia, Equador, Guatemala, Costa Rica, Peru, Chile e Porto Rico.

Assembleia Geral

O presidente do IBA aproveitou a retrospectiva dos últimos dois anos para anunciar que a Assembleia Geral de 2019 será realizada, pela primeira vez, na Ásia, na capital do Cazaquistão, Astana. O evento ocorrerá de 22 a 26 de setembro.

Ao final do relatório, revelou alguns dos temas tratados durante as reuniões de trabalho, o Uso das mídias sociais por juízes: a rede global de integridade judicial das Nações Unidas;  e Declaração de Doha: as Nações Unidas promovem em todo o mundo uma cultura de legalidade através da Declaração de Doha, com vistas à Reabilitação de Prisioneiros e Prevenção à Criminalidade entre jovens por meio dos Esportes.

Acesse, aqui, o Boletim na íntegra

Leia matérias relacionadas:

Rafael de Menezes é reeleito vice-presidente da UIM no Marrocos

Em Marrocos, integrantes da diretoria da AMB são eleitos presidente e vice de comissões de estudos da UIM

Campanhas e Eventos