Associação dos Magistrados Brasileiros
AMBBotão Menu

Magistrado italiano relata experiência no combate ao crime organizado na AMB

A experiência italiana no combate ao crime organizado foi apresentada pelo magistrado Nicola Russo em reunião realizada, nessa terça-feira (3), na AMB. No encontro, que contou com a presença do diretor-tesoureiro da entidade, Nicola Frascati, o juiz italiano expôs a sua experiência e  falou das características das organizações criminosas históricas na Itália. “Tivemos um confronto sobre as metodologias não apenas judiciárias, mas também de contraste legislativo a esse fenômeno criminoso”.

Nicola Russo destacou a importância da troca de experiências e a possibilidade de auxiliar  a legislação brasileira a utilizar instrumentos mais eficazes ao crime organizado, partindo da experiência italiana. “Tenho a convicção também que a experiência brasileira pode ser de grande utilidade para nós. A reunião foi muito interessante não somente para os colegas brasileiros, mas para os italianos também, pois a colaboração judiciária parte de um contato direto entre as pessoas que fazem o mesmo trabalho. A minha experiência diz que as modificações normativas entre os diferentes países partem a partir desses contatos. Espero que esse seja o início de uma colaboração profícua com o nosso país”, afirmou.

“A reunião foi produtiva, pois houve a troca de conhecimento no trabalho desenvolvido pela magistratura brasileira e italiana. O juiz Nicola trouxe a sua experiência no combate a máfia que teve início com a Operação Mãos Limpas e também aproveitou para saber um pouco mais sobre a nossa experiência no combate à criminalidade organizada”, disse Nicola Frascati.

Para o embaixador da Itália, Antonio Bernardine, a experiência da Itália contra a máfia pode ser uma oportunidade para verificar se as leis no Brasil são eficazes na luta contra a criminalidade brasileira.

Na ocasião, foi combinado a possibilidade da AMB e a Embaixada da Itália promoverem seminários nos dois países, com a participação da Polícia Federal e do Congresso Nacional, para  debater o combate ao crime organizado.

Participaram da reunião a vice-presidente Administrativo da AMB, Maria Isabel da Silva; o coordenador e vice-coordenador da Coordenadoria de Execução Penal da AMB, Luis Carlos Santos e Paulo Sorci, respectivamente; o deputado Fernando Francischini; o representante da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal, Gustavo Torres,  e os integrantes da embaixada da Itália Maria Teresa Di Maio, Francesco Fallica e Guiseppe Patané.

Renata Brandão

Campanhas e Eventos