Apresentação

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançaram no dia 12 de maio de 2015 a campanha nacional Justiça Restaurativa do Brasil: a paz pede a palavra. O projeto tem como principais objetivos a pacificação de conflitos, a difusão de práticas restaurativas e a diminuição da violência.

A campanha Justiça Restaurativa do Brasil é alusiva aos 10 anos de introdução oficial dessa filosofia no país. O trabalho já é adotado em 15 estados. São Paulo, Rio Grande do Sul e o Distrito Federal foram os pioneiros na implementação das práticas restaurativas e têm construído um novo modelo no funcionamento e na atuação da Justiça tradicional, ampliando a forma como o Poder Judiciário tem tratado a questão dos conflitos e dos crimes, com foco nas pessoas e nos relacionamentos.

Neste espaço, você confere todas as informações sobre as ações da Justiça Restaurativa (JR) como notícias, documentos, vídeos, artigos, cursos, sites parceiros, além de casos solucionados. Em documentos, está disponível a cartilha Justiça Restaurativa do Brasil elaborada pela comissão científica da JR da AMB. Lá, constam os detalhes do projeto: conceitos, objetivos, atuação, quem pode participar, entre outros.

Boa leitura!

João Ricardo Costa
Presidente da AMB

Leoberto Brancher
Assessor Especial da Presidência para Difusão da Justiça Restaurativa

Acompanhe nas redes sociais: