Associação dos Magistrados Brasileiros
AMBBotão Menu

AMB prestigia posse da nova diretoria do Tribunal de Justiça do Piauí

Fotos: Ascom/Amapi

A vice-presidente de Direitos Humanos da AMB e presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Tocantins (Asmeto), Julianne Marques, representou o presidente Jayme de Oliveira na solenidade de posse do novo presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI), Sebastião Ribeiro Martins.

Também compareceram ao evento na manhã desta segunda-feira (7) o integrante da Secretaria de Assuntos Legislativos da entidade, Leonardo Trigueiro, e o presidente da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi), Thiago Brandão. A cerimônia contou, ainda, com a presença de autoridades como o governador do Piauí, Wellington Dias, o governador em exercício do Maranhão, Carlos Brandão, e o vice-presidente e corregedor regional eleitoral do TRE-MG, Rogério Medeiros Garcia de Lima.

Além de Sebastião Ribeiro, tomaram posse os demais membros da Corte para o biênio 2019-2020: o vice-presidente, Haroldo Oliveira Rehem; o corregedor-geral da Justiça, Hilo de Almeida Sousa; e o vice-corregedor geral da Justiça, Oton Mário José Lustosa Torres.

Segundo o documento “Diretrizes – Gestão 2019/2020”, distribuído para a imprensa e a sociedade piauiense, a gestão que se inicia terá como diretrizes fundamentais a expansão do Processo Judicial Eletrônico (Pje), incrementando a produtividade e possibilitando maior eficiência à prestação jurisdicional; o fomento à política de conciliação e mediação, com foco na solução de conflitos e incentivo à cultura da paz; e o fortalecimento da rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra as mulheres, em alinhamento à Meta 8 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para 2019.

Thiago Brandão reforçou a parceria da Amapi com o TJPI para o fortalecimento da Magistratura estadual. “Nosso desejo é que a gestão da nova diretoria tenha muito sucesso. No que depender dos magistrados piauienses, estaremos dispostos a colaborar e contribuir com as pautas que visem à melhoria do Judiciário, ao fortalecimento e independência da Magistratura e, claro, à prestação de um melhor serviço à população”, afirmou.

A vice-presidente da AMB relembrou que Sebastião Ribeiro foi presidente da Amapi duas vezes, além de ter participado da diretoria da Escola Nacional da Magistratura (ENM/AMB). “O desembargador assume a presidência do TJPI num momento em que a Magistratura enfrenta grandes desafios. Ele tem uma longa história no associativismo, portanto é conhecedor da necessidade do fortalecimento cada vez maior da Magistratura para que todos os juízes possam atuar de forma independente”, considerou.

Segundo Julianne Marques, em seu pronunciamento Sebastião Ribeiro afirmou que irá trabalhar em permanente diálogo com as associações de classe, e o foco principal da sua gestão será o aumento da produtividade do TJPI, com incentivo à cultura da paz e da fraternidade. “Destacou, ainda, que será priorizado na sua gestão o julgamento dos crimes praticados contra a mulher.”

*Com informações Ascom/TJPI e Ascom/Amapi

Campanhas e Eventos