Associação dos Magistrados Brasileiros
AMBBotão Menu

AMB acompanha última sessão plenária do STF presidida pela ministra Cármen Lúcia

Rosinei Coutinho/SCO/STF

A última sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF) presidida pela ministra Cármen Lúcia, realizada nesta quarta-feira (12), foi acompanhada por integrantes da diretoria da AMB e presidentes de associações.

Em discurso, a ministra disse que entregará a Presidência do STF ao ministro Dias Toffoli e que a partir desta quinta-feira (13) será “promovida a juíza”. “Já fui promovida uma vez quando aqui cheguei e imagino que quando me aposentar serei promovida a cidadã de novo, sem os limites que a Magistratura impõe a nós, e só quem está no cargo sabe quais são esses limites”.

Ao falar em nome da Corte, o ministro Marco Aurélio lembrou que a presidente sempre prestou contas de sua atuação à sociedade e teve dedicação ímpar à administração do Judiciário.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e a advogada-geral da União, Grace Mendonça, também elogiaram a gestão da ministra à frente da Corte. Na opinião de Raquel Dodge, os marcos da gestão da ministra Cármen Lúcia revelam espírito público elevado e compromisso com Brasil, notadamente com os que mais precisam da Justiça. Já Grace Mendonça afirmou que a ministra aproximou o STF dos tribunais brasileiros.

Acompanharam a sessão José Arimatea Neves, vice-presidente de Prerrogativas; Jerson Gubert, vice-presidente de Assuntos Legislativos; Frederico Mendes Júnior, coordenador da Justiça Estadual; Julianne Marques, vice-presidente de Direitos Humanos; Paulo Casseb, coordenador da Justiça Militar; Leonardo Trigueiro, da Secretaria de Assuntos Legislativos; e Maria Rita Manzarra (diretora de prerrogativas da AMB); Gustavo Telles (integrante do grupo de Trabalho da Comissão da Permuta). Participaram também Herval Sampaio Júnior (Amarn), Jussara Schittler (AMC), Cícero Renato Albuquerque (Amarr), Geraldo Dutra (Amapar), também secretário de Relações Internacionais da AMB, Emanuel Bonfim (Amepe); Maria Aparecida Gadelha (AMPB), Vera Deboni (Ajuris), Fernando Bartoletti (Apamagis), Luiz Eduardo Nardi (vice-presidente da Amapar), e Alberto Veloso (diretor da Amapar).

Campanhas e Eventos